Richard Zimler
À Procura de Sana
April 17, 2019 Comments.. 897
Procura de Sana Em Fevereiro de Richard Zimler voltou Austr lia para participar no Encontro de Escritores de Prth No dia da sua chegada conheceu uma talentosa bailarina brasileira que lhe contou o muito que o

  • Title: À Procura de Sana
  • Author: Richard Zimler
  • ISBN: 9727921612
  • Page: 491
  • Format: Paperback
  • Em Fevereiro de 2000, Richard Zimler voltou Austr lia para participar no Encontro de Escritores de Prth No dia da sua chegada, conheceu uma talentosa bailarina brasileira que lhe contou o muito que o seu romance O ltimo Cabalista de Lisboa tinha significado para ela O tr gico passo que ela daria no dia seguinte mudou para sempre a vida de Zimler, lan ando o numa intenEm Fevereiro de 2000, Richard Zimler voltou Austr lia para participar no Encontro de Escritores de Prth No dia da sua chegada, conheceu uma talentosa bailarina brasileira que lhe contou o muito que o seu romance O ltimo Cabalista de Lisboa tinha significado para ela O tr gico passo que ela daria no dia seguinte mudou para sempre a vida de Zimler, lan ando o numa intensa investiga o de tr s anos sobre o passado daquela mulher.O escritor descobre ent o uma inf ncia vivida sombra do Monte Carmelo na d cada de 1950, uma poca de toler ncia entre comunidades vizinhas de rabes e de judeus nos velhos bairros de Haifa medida que esta paz se vai fragilizando, duas raparigas uma palestiniana, outra israelita tecem entre si la os que as ligam para sempre Zimler desvenda a hist ria desta amizade extraordin ria, que o conduz, atrav s de uma rede de ilus es, crueldades e enganos, de Paris a Bolonha e Palestina e finalmente, ao 11 de Setembro de 2001, quando a trag dia que testemunhou em Perth se revela luz do mais extremado contexto pol tico.A o analisar a natureza da verdadeira amizade e a g nese de um crime impens vel, Procura de Sana confunde magistralmente as fronteiras convencionais entre realidade e efic o, numa teia de situa es reais e romanescas que deixam o leitor suspenso do desfecho deste livro surpreendente e corajoso, que sem d vida um ponto alto na obra de Richard Zimler

    • Best Read [Richard Zimler] ´ À Procura de Sana || [Psychology Book] PDF ✓
      491 Richard Zimler
    • thumbnail Title: Best Read [Richard Zimler] ´ À Procura de Sana || [Psychology Book] PDF ✓
      Posted by:Richard Zimler
      Published :2019-04-17T08:15:06+00:00

    1 Blog on “À Procura de Sana

    1. Roberta Frontini (Blogue FLAMES) says:

      One of the BEST books I have ever read! Loved it so much!!!!!!!!!! I was unable to put it down! flamesmr/2013/07/l

    2. Mariana says:

      4.5 Estrelas. A ser tudo verdade o que está neste livro, Richard Zimler viveu uma aventura alucinante. As últimas páginas deixaram-me quase sem fôlego!

    3. Vera Brandão says:

      verovsky-meninadospoliciais.bl

    4. Cátia says:

      Estou ainda um pouco perdida sobre o que é a verdade e a mentira deste livroGostei. Acho que o autor se arriscou e muitoGostei muito da frase:"Quando disse a Helena que por vezes sentia haver ligações invisíveis entre o meu passado e o presente, respondeu que muitas vezes sentia o mesmo" (pág. 125)Bem, resta-me ir ler o "último cabalista de Lisboa".Fiquei muito muito curiosa

    5. Alípio Vieira Firmino says:

      Não dá para pontuar com seis estrelas? Este livro é qualquer coisa de especial, quando terminei de o ler, estive em "transe" um bom bocado, a processar o final do mesmo. Só tive pena que não tivesse uns quantos capítulos a mais, deixa-nos com vontade de querer saber mais, mas acho que a intenção do autor é mesmo essa, deixar-nos a pensar MUIIIIIIIIIITO BOM

    6. Gabriela Galveia says:

      A curiosidade acerca da escrita de Richard Zimler há muito despontava no meu âmago e o encontro com "À Procura de Sana" revelou-se o momento oportuno para a satisfazer. Recordo-me de ter adquirido o livro no cinema São Jorge pela ocasião da "Judaica", um certame anual que se debruça sobre a cultura e o imaginário judeu, com especial incidência na programação cinematográfica em Belmonte e em Lisboa. Com efeito, este foi o primeiro romance que li de Zimler e, não obstante a sensação [...]

    7. Estefânia Botelho says:

      A forma como este livro me foi parar às mãos é muito engraçada: no meu trabalho eu tenho um forte contacto com o público e como sou muito curiosa e faladora um dia uma das minhas clientes habituais que é muito simpática estava a ler " A rapariga que sonhava com uma lata de gasolina e um fósforo" do Stieg Larsson e eu perguntei o que estava a achar da leitura por que já tinha lido o primeiro volume e tal e a senhora muito atenciosa lá me disse e perguntou se eu gostava de ler e eu respo [...]

    8. Paula says:

      "A amizade pode crescer no mais árido dos solos - mas talvez não de forma durávelEm Fevereiro de 2000, Richard Zimler foi à Austrália para participar no Encontro de Escritores de Perth. No dia da sua chegada, conheceu uma talentosa bailarina brasileira que lhe contou o muito que o seu romance O Último Cabalista de Lisboa tinha significado para ela. O trágico passo que ela daria no dia seguinte mudou para sempre a vida de Zimler, lançando-o numa intensa investigação de três anos sobre [...]

    9. Conta-me Histórias says:

      Este livro foi-me emprestado pelo Ricardo, em mais uma das nossas trocas de livros. Já o tinha cá em casa há algum tempo, e agora decidi lê-lo. Foi uma grande surpresa, não é nada do que eu podia esperar. Mas foi uma suspresa boa, pois gostei do livro.O livro relata as buscas do autor sobre o passado de Sana, uma bailarina e mímica. Richard Zimler conhece Sana em Perth, Austrália, quando esta se dirige a ele e lhe diz que gostou muito do seu livro O Último Cabalista de Lisboa. No dia se [...]

    10. Ana Dias says:

      Infelizmente, nunca lera nada de Richard Zimler antes, apesar de estar familiarizada com a história de "O último cabalista de Lisboa"; a propósito, perguntei-me ao longo desta leitura se não deveria ter lido essa obra antes de "À procura de Sana", já que tem tanta importância nesta história.Posso dizer que foi uma leitura surpreendente, quer pelo desenlace quer pelo tema. No início da leitura pensei que a história fosse tomar apenas as proporções das histórias pessoais de Sana e Hel [...]

    11. Susana Pereira says:

      Gostei muito de ler este livro.Só tinha lido um livro de Zimler ("Goa ou o Guardião da Aurora") e tinha ficado com vontade de ler os restantes do mesmo género. Agora fiquei cativada por este registo diferente, mistura de relato jornalístico/biografia, com uma componente mais pessoal e intimista.Fiquei algo impressionada com a história de Sana e acho que a forma como está relatada foi uma óptima escolha. O autor conduz-nos de forma fluída pelos seus encontros, motivações, descobertas, i [...]

    12. Cathy says:

      A friend gave me this book to read. It was interesting and I felt compelled to finish it, but at the same time, I never really understood why the author was so taken by Sana who she met while in Perth on a book tour. I did enjoy the historical/cultural aspect of the book and the friendship between Sana and Helena and how their nationalities - one Palestinian and one Israeli intertwined. It's a very relevant book to our times.

    13. Filipa Gomes says:

      Uma história de mistérios. De percebermos quem somos e como o meio em que crescemos condiciona as nossas acções. Em busca do porquê das nossas trajectórias e como as nossas convicções poderão levar-nos a actos extremos.

    14. Snowshoee says:

      JE no BC:Gostei muito! Especialmente de ficar a conhecer melhor Richard Zimler! Gostei muito da escrita dele e fiquei com vontade de ler os outros livros dele. Valeu a pena a leitura! Obrigada Bikovska! Fico a aguardar uma morada!

    15. Josanne says:

      Full of ambiguities and blurs the lines between fiction and non fiction a book for our times as it gets inside the Israeli - Palestinian issue. A compelling and even disturbing read given it's relevance.

    16. Babete says:

      Uma feliz surpresa, uma experiência mágica!

    17. Rosanne says:

      A haunting book, full of questions and ambiguities. I was in anthology with Zimler back in 1996, but this is the first full-length book I've read by him. Will definitely look for more

    18. Cristina says:

      Pretty good!

    19. FLAMES (Mariana Oliveira & Roberta Frontini) says:

      flamesmr/2013/07/l

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *